quarta-feira, 26 de outubro de 2016

10... 10 Anos...

Dez anos... hoje é o teu dia filhote, duas mãos cheias de anos...
Acordámos os dois às três da manhã, eu aflita para fazer xixi, tu a perguntares as horas. E assim te cantei baixinho os parabéns àquela hora da madrugada, em que já tinhas nascido, pois vieste conhecer o mundo à meia-noite e meia...
De manhã levantámos-nos e deixei-te uma prenda na mesa do pequeno-almoço com um cartão de Parabéns feito por mim... Desde que me lembro que te coloco uma prendinha na mesa logo de manhã porque sei que gostas e ficas contente com a surpresa...
Ainda assim, fui depois buscar a outra prendita que tanto querias, e aí sim, ficaste imensamente feliz...

Começo a pensar na vida e que, talvez um dia quando fores adulto, recordes que o aniversário dos 10 anos foi o primeiro que passaste com o pai e a mãe separados, divorciados... Creio que são memórias que irão ficar... que ficam... Mas fazemos tudo para que estejas e fiques feliz... O Amor e a relação entre os pais acabou, mas para contigo, o nosso Amor será eterno...
Contigo aprendi o que é o Amor puro e infinito e ter alguém que nos faz lutar pela vida com uma força imensurável mesmo quando tudo parece correr menos bem... 
Muitos parabéns meu amor, desejo que este dia seja eterno nas nossas vidas e nos nossos corações. :-) <3 span=""> — a celebrar o aniversário do meu filho.

O filhote quando estava na maternidade, acabado de nascer... :-)

2 comentários:

Pedro disse...

Parabéns à mãe e ao filhote.
Que contem muitos e bons.
Beijinho!

Algures no Oeste disse...

Obrigada PEDRO :-)
Beijinhos!