terça-feira, 18 de outubro de 2016

"Então porque não voas?"

Bela versão, desta eterna música, destes dois senhores que não ganharam o Prémio Nobel mas... que também, pela lógica da coisa, podiam tê-lo ganho :D
Que delícia... :-)

"(...)
ri-me de ti "então porque não voas?"
e então tu olhaste
depois sorriste
abriste a janela e voaste
(...)"


Sem comentários: