quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Ontem fui a Lisboa...

Como o filhote fazia anos, e a seu pedido, ontem à tarde rumei a Lisboa para ir buscar a avó para nos vir fazer companhia durante uns dias.
Ia tudo muito bem na viagem, enquanto me deliciava a ouvir música num volume considerável, na Autoestrada A8.
Pois eis que chego ao famoso Túnel do Grilo e noto que havia alguma lentidão no trânsito... Eis senão quando havia mesmo duas ou três filas de trânsito lento... E assim se manteve até conseguir sair dali para onde queria...
Neste espaço de tempo já desesperava com a lentidão do trânsito e com o ar quente e abafado que se fazia sentir e isto são duas coisas que não tenho tido no Oeste: trânsito congestionado e clima quente...
Dei por mim a transpirar e a desesperar e só a pensar como era tranquila a minha vida no Oeste, ainda que adore Lisboa na mesma...
No fim de contas, demorei quase tanto tempo a ir do Túnel do Grilo até à casa da minha mãe, como vir do Oeste até ao famoso Túnel...
Isto roubou-me tempo e paciência e a ideia de que cada vez menos penso em regressar a Lisboa, uma ideia que me assolava a mente nos primeiros tempos da mudança para o Oeste... Até poderá vir a acontecer mas... para já isso está posto de parte...
Já me (nos) habituei aos ritmos e 'facilidades' de viver no Oeste: tudo próximo de casa e do trabalho, não há complicações de trânsito ou de estacionamento, quando muito, há um tractor que provoca alguma lentidão no percurso, não há um clima abafado e saturante, geralmente, os parques de estacionamento não se pagam nas duas primeiras horas, não há barulho ou confusões de gente, a Escola, o ATL e as atividades extra-curriculares são próximas e está tudo muito bem organizado, sem ser excessivamente caro and so on...
Já para não falar da bicicleta e dos trilhos e dos percursos que há por aqui, fora do alcatrão...
Se eu quiser, posso vir trabalhar a pedalar...
Quando vou a Lisboa só reparo é nas multidões de gente que se amontoam por todos os lados, o imenso trânsito, tudo se paga, o estacionamento é a loucura total, os barulhos, os ruídos, a poluição pelo ar...
Adoro Lisboa mas... acho que a passei a adorar para... visitar...

Sem comentários: