quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Poucas e (não muito) boas a quem possa (não) interessar...

No início da semana tive consulta na Nutricionista e, "alvíssaras", uau, ena, perdi 1 quilo... Podia ser mais, até porque na semana anterior fui todos os dias ao ginásio mas este meu corpo e este meu metabolismo são deveras lentos.
Ganhei massa muscular e perdi  mais de 1 quilo de massa gorda mas... o peso está muito difícil de perder...
Comecei realmente a não petiscar o pão com manteiga e outras pequenas coisas que têm mesmo que ser, senão, ainda mais difícil é ver-me livre destes 10 quilos que quero (e preciso) perder...

Ontem a minha mãe teve consulta no Hospital, foi uma espécie de consulta de "rotina", pós alta e estava tudo mais ou menos. Contudo, foram marcadas mais consultas e muitos mais exames e análises... Vejo-me assim a cuidar da minha mãe, enquanto vejo o meu filho a ficar mais independente e liberto e, felizmente, nunca foi uma criança com problemas de saúde...
Creio que começo agora a faltar mais ao trabalho por causa do acompanhamento à minha mãe do que alguma vez faltei para ir com o filhote a consultas... É a vida...
Nesta mesma consulta com a minha mãe, pergunta a médica se eu sou filha ou neta da minha mãe... Sempre achei que a minha mãe parecia mais nova, e eu também, mas daí a parecer neta da minha mãe vai alguma distância...

Por fim, depois duma tarde no Hospital entre consultas e marcações de exames e análises, quando cheguei a casa, ainda que já fosse quase o fim da tarde, deu-me cá umas ganas e tive que pegar na bicicleta e ir pedalar um bocadinho, mesmo sabendo que ia escurecer...
Coloquei as luzes e aí fui eu, sozinha, a pedalar contra o vento e a ver o Sol a desaparecer ao longe... Foi uma volta de pouco mais de uma hora, pedalei apenas 20 Km e cheguei a casa já com o escuro e as luzes da bicicleta ligadas mas... soube-me pela vida...
Até gosto de pedalar de noite, não fossem os receios por não ser tão seguro e acho que o faria muitas mais vezes...
Se calhar, estou agora a pensar, se conseguir sair 'cedo' do trabalho, mesmo a escurecer, ainda consigo dar uma pequena volta de uma hora ou assim... Melhor do que nada porque estas pedaladas têm andado muito em baixo...



2 comentários:

Gaja Maria disse...

Olha, eu para não pedalar à noite sozinha, tenho feito rolos em casa. Tive de desistir do ginásio devido ao trabalho e a ter de acompanhar a minha mãe, assim sendo, quando tenho um bocadinho, pedalo na garagem, ainda hoje fiz 45 minutos, é melhor que nada :)

Algures no Oeste disse...

GAJA MARIA: Pois é, são uma boa opção sim. Também tenho, ou tinha, mas avariaram-se e nunca mais os recuperei... Usei muito os rolos quando tive o acidente de bicicleta e estava em casa...
Por enquanto, ainda vou conseguindo ir ao ginásio, ainda que também tenha que acompanhar a minha mãe, aproveito a hora de almoço para ir...
E realmente os rolos ajudam bastante e são melhor do que nada porque à noite é sempre mais difícil. Neste caso apanhei o fim do dia e o sol a pôr-se mas cheguei a casa já de noite...
Beijinhos e votos de melhoras da tua mãe.