terça-feira, 14 de março de 2017

Estas memórias do Facebook...

Logo de manhã apareceram-me aquelas cenas das memórias do Facebook. Às vezes tem graça, outras, nem por isso...
Hoje apareceu-me algo que partilhei há três anos que dizia o seguinte: "Desistir... às vezes também é preciso...".
E não é que se mantém atual... É que é mesmo tudo isto... Isto tudo e muito mais...


2 comentários:

Pedro disse...

Não sei se concordo com tudo ou se tem de ser mesmo tudo assim.
Primeiro, não vejo necessidade de se ter que desistir seja do que for para ser feliz.
Existe, isso sim, é a necessidade de mudar que é algo um pouco diferente.
Desistir é uma coisa, mudar é outra.
Se bem que relativamente a essa lista, realmente, quase parece um rol dos piores defeitos e dos quais é mesmo necessário desistir.
Tens esses defeitos todos?
Não me parece.
Tens diálogo autodestrutivo, queixas, resistência às mudanças, medos e desculpas, lá isso tens.
Desiste disso e muita coisa mudará para melhor com pouco esforço e de forma quase automática.
…e ao contrário do que tu pensas, com benefício para ti e sem prejuízo para ninguém.

* Quanto ao ponto 1. Penso que nos devemos esforçar para estar sempre certos. É preciso é saber reconhecer humildemente quando não estamos.

Algures no Oeste disse...

Pedro: Sim, é preciso mudar e com isso, talvez, desistir de uma série de coisas e pensamentos...
Tenho isso tudo e muito mais... :-)