terça-feira, 11 de abril de 2017

Quando eu vim para esse mundo...

Quando eu vim para esse mundo, achava quase tudo deslumbrante. Estava fascinada, talvez pelo desconhecimento e pela novidade.
Hoje que estou nesse mundo, salvo algumas exceções, olho para o que me deslumbrava com outro discernimento e acho que é quase tudo uma parolice pegada no que a algumas tradições e socializações diz respeito.
Não estou a dizer mal nem tenho nada contra, longe disso. É apenas a vida e o constatar doutros olhares.
Às vezes parece uma novela brasileira dos anos 70, passada no interior, sim, como "Gabriela, Cravo e Canela", onde fui roubar parte da letra da música do genérico para dar título a este post.
Quando eu vim para esse mundo, era tudo muito lindo. Agora, ainda é mas persistem as paroladas.

Sem comentários: