sexta-feira, 14 de julho de 2017

Coisas sem importância...

Às vezes gostava de acreditar piamente nestas patetices... É que até dão algum conforto e 'desculpam' quase tudo o que tem corrido menos bem. No artigo fala nos últimos 10 anos e acho que até bate certo, talvez incida mais sobre 7 ou 8 anos, que foi quando vim para o Oeste. Há muita coisa que mudou e correu bem mas há outras tantas coisas que nem por isso.
Ainda para mais, fala nos "cancerianos", vulgo, pessoas do signo de Caranguejo, como eu, e diz que é no dia 17/07 que: "todos sentiremos que, dia após dia, a tensão diminui e começamos a retomar o equilíbrio emocional, perdido nos últimos dias."
Era bom que assim fosse pois até é o meu dia de anos e tudo... 
Era bom que no dia em que faço 43 (!!!) anos que decorressem mudanças profundas e que tudo ficasse mais... 'positivo'... 
Estou cansada de algumas coisas e nem acredito bem que vou fazer 43 anos... 
Sinto que está tudo a passar depressa demais e que não me sinto nada com 43 anos...
"Lua deste domingo encerra ciclo maldito, um dos piores dos últimos 10 anos:
Neste domingo, dia 16, em torno das 16h20, a Lua começa a encerrar o difícil ciclo de lunação que começou no último dia 23 de junho. Este foi, sem sombra de dúvidas, um dos piores ciclos que passamos nos últimos 10 anos.
A crise se instalou na vida de todos, no entanto, arianos, cancerianos, librianos e capricornianos foram os mais atingidos por essa tsunami energética. Podemos começar, a partir deste dia 16, a nos despedir com entusiasmo dessa tensa energia.
Porém, ela ainda pode estar muito forte neste dia, em que a Lua se une a Urano e recebe um tenso aspecto de Marte. Conforme ela transita pelos outros signos e já no dia 17, segunda-feira, quando ela entra no signo de Touro, todos sentiremos que, dia após dia, a tensão diminui e começamos a retomar o equilíbrio emocional, perdido nos últimos dias.
Os signos mais atingidos, que passaram por intensas dificuldades na saúde, no trabalho e principalmente nos relacionamentos, poderão sentir o alívio da tensão e muitas situações de estresse, sentimentos negativos de separação e dificuldades emocionais ficando para trás.
Retirado daqui."

2 comentários:

Pedro disse...

O teu problema é precisamente esse.
Andares sempre na lua.
A lua tem influência sim, mas nas marés. Fenómeno provocado pela variação de intensidade da força gravitacional.
Se acreditasses mais em ti do que nos "búzios" a vida corria-te melhor.
Masi "eu" e menos vassalagem perante os outros e talvez ainda vás a tempo de gozar alguma coisinha.

Algures no Oeste disse...

Pedro: Pois é, pode ser por aí... Às vezes até é bom andar com a cabeça na lua, outras, nem por isso...
É tudo uma questão de equilíbrio...
:-) ;-)