domingo, 5 de setembro de 2010

Hoje foi dia...

Foi dia de andar de bicicleta mas não no "estilo" que está nesta foto, muito pelo contrário... Aqui está uma versão doce, calma e tranquila de andar de bicicleta e a minha versão é rápida, agressiva, feita com objectivos: o objectivo de ter resistência a fazer subidas íngremes e o objectivo de tonificar e moldar as minhas pernas e os glúteos...
Como não temos tido visitas ou ajudas, as saídas de bicicleta têm sido alternadas entre mim e o meu marido, sendo que não temos possibilidade de andarmos os dois ao mesmo tempo, mas até nisso "perdi o medo" e mandei-me para a frente. Tinha duas hipóteses, ou ficava sentada à espera de ter visitas no fim-de-semana que pudessem ficar com o filhote enquanto nós não íamos andar, o que tem sido raro desde as férias, ou ía sozinha mas andava de bicicleta na mesma. Optei pela segunda hipótese e cada vez me sinto mais confiante e 'brusca' nos meus passeios solitários de bicicleta... Hoje até fiz um percurso diferente, muito mais difícil, mas consegui fazer as subidas para as quais me tinha proposto arriscar e não imaginam a sensação de auto confiança que isso provoca, depois de ter 'superado' esses caminhos.
E como é que eu, que ando tão dedicada a tantas piroseiras com ganchos, pulseiras, colares e afins, nunca me tinha lembrado - ai esta cabecinha... - de atar o cabelo com uma fita para o ter justo à cabeça e preso por baixo do capacete?! Aliviou-me imensamente no gesto piroso de estar a andar de bicicleta e sempre a sacudir o cabelo dos ombros e da cara, o que também tinha implicações no meu ritmo e rendimento... Como é possível só hoje ter pensado nisto?!
Dah para mim!!!

Sem comentários: