terça-feira, 14 de setembro de 2010

Não quero parecer obsecada com o meu peso...

Mas tenho receio de estar a ficar apesar de estar tudo a decorrer com a normalidade prevista...
É que achava que do rombo físico que foi pedalar 40 quilómetros, neste Domingo, e de tudo o que transpirei e me esforcei, que teria perdido para aí um quilo na prova...
Hoje à hora de almoço pesei-me no ginásio e comparativamente com há uma semana atrás, perdi umas míseras 600 gramas... Ainda por cima não me excedo na alimentação. Não deixei de comer mas também não como "porcarias".
Ai que metabolismo lento...
A boa notícia é que assim perfaço um total de 18 quilos perdidos e de acordo com a Nutricionista, faltam apenas 2 quilos para chegar ao peso "ideal". Quanto a mim, ainda lhe juntava menos 5 quilos, ou seja, para mim ainda faltam, ou faltariam, perder 7 quilos.
À minha volta toda a gente, incluindo as treinadoras no ginásio, me diz(em) para eu não emagrecer mais e eu começo a ter receio de estar a ficar com a cara "chupada" ou 'esquesita' mas não me parece... Já os glúteos bem que podiam estar "chupados" que eu não importava nada...
Para a minha mãe, neste momento, sou a Kate Moss nos seus piores momentos de anorexia (até tenho um post sobre este assunto em draft). O que um olhar de mãe é capaz de ver... Ou neste caso, imaginar...

3 comentários:

Isabel disse...

:-)
É o que eu digo: quando nos reencontrar-mos não te vou reconhecer!
Beijocas!

manu disse...

Tenho admirado a tua coragem e persistência quanto ao perder peso.
Reconheço que é preciso uma força hercúlea para fazer o que fazes e privares-te de tanta coisa boa.
Há no entanto uma coisa muito importante, mais importante do que tudo o que te possam dizer, é olhares para o espelho e sentires-te bem.
Continuação de boas pedaladas.
Beijos
Manu

Mão de Mãe disse...

Desde que tu te sintas bem, isso é o que importa. Eu própria estou sp a saltar para cima da balança a ver por onde anda o ponteiro...