sexta-feira, 3 de setembro de 2010

O Carlos Cruz no Alta Definição

O Carlos Cruz faz parte do meu imaginário infantil. Via o 1-2-3 e tive uma bota Botilde, das originais, para correr e saltar.
Desde que este processo começou que achei tudo muito estranho e claro, não havendo certezas de nada, o meu pensamento era 50/50, metade a achar que era culpado, metade a achar que era inocente pensando na mulher, nas filhas, na ex mulher e por aí adiante.
Agora o que eu não gostei nada de ver e ouvir, seja ele realmente culpado ou inocente e só ele em boa consciência o saberá, foi a forma como respondeu à pergunta do Daniel Oliveira no Programa Alta Definição sobre o que é que a filha (a pequenina) lhe tinha ensinado. E a resposta foi que tinha aprendido que as crianças também mentem...
Eh pá... Não sei porquê mas não gostei nada de ouvir aquilo... Não sei se por eu, enquanto criança, nunca ter mentido ou dado por mim a mentir, mesmo em adulta, ou se pela expressão que teve, que o que aprendeu com a filha foi que as crianças mentem... Então não tinha nada mais interessante para ter aprendido com a filha do que o facto de que as crianças mentem...
Ok... Quem sou para fazer julgamentos sobre algo tão grave mas creio que a dúvida permanecerá para todo o sempre mesmo tendo havido uma decisão do Tribunal...

Sem comentários: