quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Vão reduzir-me o ordenado? Fabulástico!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Estou possessa. Tão possessa que hoje a minha caminhada nocturna foi feita em modo acelerado e cheguei a casa a transpirar até porque a noite está amena.
Então passámos o jantar em silêncio para ouvir os Senhores Ministros e só me ocorre dizer que tristeza!!! Lamento imenso se vou chocar alguém mas então eu farto-me de trabalhar, desconto para tudo e mais alguma coisa e vão cortar no meu ordenado?! Então e aqueles que nada fazem e que recebem subsídios para tudo e mais alguma coisa?! Não ouvi os senhores ministros falarem em cortes nesse tipo de apoio!
Mas que m***** é esta?! Estou  fartinha de serem sempre os funcionários públicos a pagarem as favas e a crise!
Depois disto já avisei o meu filho que é muito provável que não venha a ter mais irmãos e que tenho pena do país e dos tempos em que vivemos...

6 comentários:

Maria disse...

Estou 100% de acordo. Nós dois somos funcionários públicos, ainda por cima! Vergonha!
Que porcaria de país que temos!
Bjs

kombi disse...

é o nosso pais está de mal a pior, mas sabes o que acho em relação á função pública, desculpa esta minha opinião mas é com a minha experiencia de um trabalho que tive numa escola a onde se "roubava" tudo e mais alguma coisa inclusivie o nosso ordenado era sobre 8 horas qd trabalhavamos 7 e recebia-mos 3€ e tal por dia de subsidio de almoço qd lá almoçavamos, e isto foi á 2 anos atrás, daí achar que não se podem queixar, é certo que não são todos os trabalhos que "roubam", mas como regra geral na função pública tudo "rouba", nos municipios então ui ui.

Agora acho é que o governo está a tirar aos pobres para dar aos ricos, e os pobres nada fazem......para mim nesta questão da actualização de dados para o abono dos filhos ninguém devia de actualizar......é que aquilo é demais dar o valor de contas bancárias.

Algures no Oeste disse...

MARIA: Nós também somos os dois funcionários públicos :|

KOMBI: Bem sei que isso acontece mas os sítios onde tenho trabalhado, não é assim. Trabalha-se e muito! E quantas vezes saímos às oito da noite ou mais tarde ainda... Por isso não posso concordar com isto quando há tanta gente que não faz nada de produtivo, nem descontos e recebe apoios e subsídios. Estou farta destas injustiças e de andarmos a fazer descontos para nem saber se um dia terei reforma...

mamã da princesa disse...

Concordo plenamente contigo!
Naqueles que recebem milhões, que são boys, lobbys e afins ninguém mexe... nos outros que têm catrefadas de filhos e os fazem de propósito para recebem as ajudas sociais elevadas também ninguém se mete com eles, nunca trabalharam ou fizeram alguma coisa na vida e depois têm rendimentos brutais e andam e mercedes, pois pudera além de rendimentos ilicitos ainda recebem aos 2 mil euros da SS.
Fora outras situações vergonhosas que proliferam por esse país fora, como carros novos a torto e a direito e bem topo de gama, diárias de jogadores na África do Sul caríssimas, etc e tal.
Eu, trabalho, faço os descontos obrigatórios (que não concordo nada), não tenho ajudas do estado ou de lado algum, recebo muito menos que muitos rendimentos mínimos, ando de corsa e tenho de fazer pela vida...
Enfim é o país e os governantes que temos.
Mas é de facto vergonhoso!

Mas sabes que quando ouvi todas estas medidas também pensei que 2ª filho deve ser dificil... que porra!

Beijinhos (um bocadinho revoltados com toda esta situação)

Cris disse...

Realmente é uma vergonha descontarem nos ordenados, quando há tanta coisa onde podiam cortar antes de chegarem aos trabalhadores - bastava S. Exas. deixarem de gastar tantos milhões com coisas supérfluas...

Como eu não recebo 1500,00€ se calhar nem me importava que me tirassem, porque era sinal que recebia bem mais do que recebo lol Estou a brincar, é claro que me importava :-) Trabalhamos, é nosso!

Quanto aos subsídios, segundo li, agora vai "piar mais fino" - pelo menos já soube de pessoas que receberam o ofício para entregar a declaração com vista a confirmar se devem continuar a receber os respectivos subsídios. Acho bem que há por aí muita gente a receber indevidamente, mas também tenho a noção que muita gente vai dar a volta...
Ah, e também vão retirar a maravilha de abono que recebemos - já é tanto... enfim...

Beijinhos.

Luísa disse...

é realmente muito triste o que está a acontecer....
bjs