segunda-feira, 18 de outubro de 2010

11º... e algo inédito no filhote...

Hoje de manhã o termómetro na rua marcava apenas 11º e o que mais me chateia é que durante o dia está 'calor' e o frio desaparece, voltando novamente ao serão...
E para algo completamente inédito no filhote ao deixá-lo na creche, devo dizer que pela primeira vez se agarrou a mim e não entrou de imediato na sala onde já estavam os seus amiguinhos.
Tive uma pista ao sairmos do carro que foi o facto de querer ir ao colo, o que também não é 'normal'...
Ao chegarmos, agarrou-se muito a mim e estava bastante renitente em entrar na sala e até a auxiliar reparou e disse que nem parecia dele.
Continuarei eu e o meu filho ligados por um cordão umbilical psicológico...? É que hoje eu queria tudo menos ter que enfrentar a vida real... Deve ser porque é segunda-feira ou então porque como me disse a minha mãe, e como as mães se lembram de coisas que a nós não nos ocorrem, que eu perdi 20 quilos, que eles foram para algum lado, que eu até posso estar como era aos 20 anos mas já não tenho 20 anos nem a vidinha tranquila e sem preocupações que tinha aos 20 anos em que me "limitava" a estudar e a não pensar em mais nada... Touché para ti mãe, é a verdade verdadinha. Agora foram-se os 20 quilos mas a vida desocupada e despreocupada não se foi nem nunca mais irá embora...
:|

1 comentário:

kombi disse...

mas por um lado sabe bem estas responsabilidades, é certo temos dias assim que queremos fugir de tudo, mas os filhos animam-nos de tal maneira que a vida fica com outro sentido ( tb é certo que nos tiram do sério grrrr).

eu que optei pela vida da casa/familiar ( apesar de dar uma mãozinha no trabalho do marido, jardinagem) tb tenho dias que só me apetece é gritar e fugir, nunca estamos contentes não é?

por aqui tb já está friozinho, e mesmo com o sol a brilhar e o quentinho que sentimos qd estamos expostas a ele, o certo é que já corre uma brisa fresquinha.