domingo, 17 de outubro de 2010

Morning Jogging

Acordei e o termómetro marcava uns escassos 13º. Para além disso, estava a típica névoa e a típica neblina do Oeste e ainda pensei duas vezes antes de ir mas o meu corpo e a minha alma pediam movimento e por isso lá fui eu correr com a minha amiga canina.
Efectivamente, o dia de ontem não foi muito bom por causa dos meus pensamentos, e foram estes mesmos pensamentos que me acompanharam na caminhada rápida misturada com corrida durante quase 5 quilómetros no meio da neblina e da humidade por todo o percurso que incluíu a tal subida dos 120 degraus e respectiva descida rápida.
Às tantas algumas lágrimas cairam mas depressa se misturaram com o suor que escorria pela minha cara e pensei que isto tudo era um processo lento e doloroso que, espero, tenha um "final" tranquilo e feliz...
Por fim, e conforme as minhas lágrimas se dissiparam, também a neblina foi embora e o Sol apareceu de vez, dando lugar aos raios iluminados que me atingiram o corpo pelo meio das árvores... E assim se passou quase uma hora e percebo agora que as manhãs de Domingo nunca mais serão as mesmas. As manhãs de Domingo passaram a ser as manhãs do meu 'jogging' e se tiver alguém que fique com o filhote, voltarei à bicicleta...

1 comentário:

kombi disse...

que bela manhã, por aqui, que acordamos tarde já o sol brilhava e tb embrenhados pela beleza da natureza fomos pelo mato, mas no nosso caso de 4 rodas, vimos muitos de bicicleta ou mota, mas hoje foi dia a 4, sim qd o marido vai sózinho ou vai de bike ou moto. Almoçamos a famosa bifana no cabo espichel e viemos felizes.

espero que esses sentimentos atenuem em breve.