quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Pensava que a fase das birras tinha passado...

Até aos 2 anos e tal, o meu filho sempre foi dado a birras e a ataques de mau feitio.
É da idade, isso passa...
E realmente passou. Andámos aqui numa fase "lua-de-mel" entre os 3 anos e atá há umas semanas atrás... Achava eu que o meu filho tinha entrado na fase doce e mimosa, eis senão quando que, ultimamente, temos birras e manifestações de personalidade constantes... Não sei se é típico dos 4 anos mas tem opiniões divergentes das nossas sobre quase tudo, seja roupa, seja ver televisão, seja o lanche, seja arrumar os brinquedos, seja isto, seja aquilo ou seja ainda o jogo psicológico de querer a mãe quando o pai ralha e de querer o pai quando ralha a mãe...
Contraria as nossas ordens e não tem "medo" nenhum de nós e por muito paciente que eu me tenha tornado, há dias em que me salta a tampa e em que me falta a paciência... E é talvez por isso que ultimamente temos tido birras de manhã, à tarde e antes de adormecer... Eu sei que muitas destas teimosias se devem ao sono, por não dormir a sesta, mas caramba, há momentos em que nos tira do sério...
Andava eu contente com a fase meiga e cúmplice e agora andamos numa de "conflitos" constantemente... Serão assim os 4 anos que se aproximam a galope...?

5 comentários:

Luísa disse...

A primeira adolescência ;-)
Por cá tem dias... mas sem dúvida quando estão mais cansados o humor piora.
Beijinhos

MakingMoney disse...

sao fases, apenas...

Cris disse...

Por cá, e a caminhar a passos largos para os 5 (Glup!)é teimosinha que chegue. Não é de fazer grandes birras, mas às vezes lá sai uma e aí é difícil de lidar.

Às vezes não quer comer, não quer tomar banho, etc. etc., mas faz porque não é ela que manda lol

Haja paciência.

Beijinhos.

SC disse...

Opá... é verdade.
Será dos quase 4 anos?!
É que a Princesa anda igual... por tudo e por nada.
Coragem!

Jokas

Isabel disse...

Por aqui está mais ou menos na mesma, mas não é tanto confrontar-nos é mais chorar por tudo e por nada... tão fiteiro!...
Beijocas e uma boa dose de paciência!