sábado, 9 de outubro de 2010

Vê-se logo que o meu filho já está bom

Já está bom porque o desfile de marotices e de nos enfrentar não tem parado ao longo do dia e isto culminou com a ida rápida ao supermercado (a pé, pois claro, mexer é preciso...).
Estávamos à espera no talho do supermercado quando de repente olho para o lado, e isto foi tudo em segundos, e o meu querido filho tinha a sua mãozinha querida onde?! Numa costeleta!!! Fiquei passada!!! Então não é que se 'esgueirou', empoleirou-se num ferro que está ao lado do balcão frigorífico e conseguiu a proeza patética de enfiar o braço no balcão frigorífico do talho e pegou no que estava na ponta do balcão, as costeletas pois claro!
Ralhei com ele e tirei-o dali imediatamente. Não sei o que pensaram as pessoas, se já não iam comprar costeletas (sabe-se lá se todos os miúdos têm esta mesma ideia) ou se pensaram que este miúdo era daqueles que mexe em tudo...
Argh...
Mas sozinha em casa ri-me do seu descaramento e à vontade à frente de tanta gente. É o que eu digo, tem uma lata descomunal, podia dar um bocadinho à mãe...

Sem comentários: