terça-feira, 2 de novembro de 2010

O meu organismo já não está habituado a tanta comida...

Tal como referi, por estes dias comi muito mais do que o habitual e comi coisas a que já não estou habituada, vulgo "porcarias"... Imensos doces, fritos, queijos, presunto, pão e outras coisas mais...
Pois hoje estou aqui que não me aguento com dores no estômago e na barriga. Acordei às 4 da manhã ("ei, bem bom!") cheia de dores e de calores... E agora estou para aqui cheia de olheiras e sinto-me muito desconfortável...
Só me apetecia estar em casa na minha caminha a beber chá... E agora, nada de excessos. É engraçado, salvo seja, como ao reeducarmos o nosso corpo do ponto de vista alimentar, ele se ressente quando comemos em excesso aquilo que já não comíamos há meses... E ainda bem, quer dizer que fiz um bom trabalho ao aderir à alimentação saudável e em poucas quantidades de cada vez... E assim também não fico com vontade de voltar a comer tudo aquilo que em tempos comia e que me fez engordar tanto...
Ou então é mesmo da idade e o corpo já não se aguenta com tantas gorduras e açúcares a deambularem dentro de si...
:|

1 comentário:

kombi disse...

tal e qual, não sei se tb é da idade se de ter habituado tb o meu corpo a quantidades menores de alimentos, o certo é que se tb abuso fico indisposta, no meu caso fico mto cheia durante muito tempo, principalmente com comidas não saudáveis.

no meu caso qd aos 15 anos tive uma paragem de digestão devido aum gelado passei a ter "pancada" com a digestão e talvez por isso comecei a ingerir quantidades que para mim são o suficiente visto sempre que faço análises estar bem, tive 2 filhas saúdaveis, a(o) terceiro não evoluiu mas não penso que seja da alimentação pois todos os exames que fiz, um deles até devido a ter uma alimentação mais pró vegetariana, e até esse que detecta o nucleo das celulas deu que estava tudo bem, por isso penso que o facto de algumas pessoas comentarem " só comes isso" e elas com um prato super cheio não quer dizer que se estejam alimentar bem, se calhar eu com pouco é que me alimnto bem.

haja saúde!