domingo, 12 de dezembro de 2010

The best things in life are free...

E se eu achava que tinha ficado com muita lama nos pés num destes dias em que fui correr, o que dizer do dia de hoje em que fiquei com lama pelo corpo todo, desde a cabeça aos pés. Fomos andar de bicicleta e hoje andámos mesmo no meio da lama o que fez com que os pneus e a própria bicicleta ficassem carregadinhos de lama bem como as nossas pernas. Por sua vez, quando saímos da lama esta começou a saltar e se já estávamos cheios de lama pelo corpo, ainda com mais ficámos...
De qualquer forma, e ainda que hoje estivesse um pouco cansada e tivesse pedalado a um ritmo inferior ao habitual, não há nada que me saiba melhor do que chegar à praia depois de termos saído de casa e aí descansarmos um pouco enquanto a minha vista mira e contempla o mar...
Por esta altura já estou cheia de calores, porque a roupa de ciclismo de Inverno é realmente quente, e o corta-vento que levava vestido é enrolado e colocado à "tira colo" às costas no caminho de regresso a casa.
Hoje demorámos mais do que o habitual por causa da lama e os 36 Kms que pedalámos equivaleram a uns 50 pelo grau de dificuldade que tivémos...
No "fim", e ainda que cansada, sabe mesmo bem ter pedalado ao ar livre, quase em pleno silêncio no meio do mato e dos corvos que vão aparecendo em cima das árvores. Adoro o silêncio que acompanha os caminhos das nossas pedaladas...
E quem disse que unhas encarnadas não combinavam com ciclismo, BTT, lama e afins?... ;)

- foto retirada -

2 comentários:

kombi disse...

imagino a sensação boa, por aqui estou sempre em contacto com a natureza, não só pq tenho um eucaliptal em frente e um pinhal em redor de casa bem como os trabalhos nos jardins,bem como os passeios que fazemos em familia e do vicio do marido andar de mota no mato, daí saber a paz que dá, e lama uiii não me digas nada que o marido por vezes vem carregado dela, então na mota e nas botas de cross.

adorei as fotos :D

Isabel disse...

Nós também andámos na lama, a caminhar. Ontem ainda apanhámos uma chuvita, mas coisa pouca (felizmente).
Beijinhos!