segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Da frente para trás

Em vez de começar pelo nosso Natal, começo pelo dia de hoje. Primeiro dia de férias, primeiro dia a sós com os dois manos num dia muito frio e com chuviscos à mistura o que impossibilitou logo uma série de hipóteses que tinha em mente para sairmos de casa.
Sim, e não é por nada, mas desde quinta-feira que não me exercito e como é normal e natural nestes dias, tenho comido mais do que o costume e já me está a sussurrar algo cá dentro a dizer que não tenho feito exercicío...
Mas como estava a dizer, é o primeiro dia de férias a sós com os dois e está a correr bem. Levantámo-nos às dez e tal, algo que eu não sabia o que era há "anos", pequeno-almoço, almoço e lanche, compras com os dois no supermercado e não houve cá birras nem pedidos de nada (pudera, levaram os dois uma lavagem ao cérebro antes de sairmos de casa...) e o meu enteado é que empurrava o carrinho com o mano lá dentro. Feitas as contas até tive ajuda. Tudo muito bem comportado também no café e no multibanco. Será magia de Natal ou está a parecer-me mais fácil "aturar" não um mas sim dois filhos...? Quando o mano está, o meu filho parece comportar-se melhor e come muito mais do que habitualmente, só vantagens portanto...
No meio disto tudo, e bem sei que isto não interessa a ninguém, mas já passei a ferro, lavei não sei quantas máquinas de roupa, estendi e apanhei uma data de roupa e sequei outra tanta na máquina.
E agora sim, irei passar ao 'relato' do nosso Natal, muito "animado" por sinal...

Sem comentários: