quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Meti a pata na poça

E aqui nem se percebe o estado das calças mas a lama hoje era mais que muita. Quase no final da corrida e da caminhada, e depois de já ter alguma lama nos ténnis e nas calças, meti, literalmente, os meus pés numa lama dissimulada e por pouco ia ficando com lama até aos tornozelos.
Mas quero lá saber, o que importa é que estes passeios me sabem muito bem e ainda que tenha chovido, eu corri à chuva porque era pouca e porque me soube bem na cara e na cabeça, tirei a camisola polar e corri e caminhei os 5 Kms do costume sempre em manga curta, subi e desci os degraus do costume duas vezes e fiquei realmente cheia de lama, ainda mais lama do que da outra vez mas cheguei a casa renovada.
Faz bem ao espírito e ao corpo porque ainda que me ande a exceder na alimentação nalguns dias, o facto de me ir mexendo ajuda muito a manter o peso que alcancei.
Dou por mim a pensar que caminhadas rápidas e corridas "chupam" realmente a gordura do corpo...

Sem comentários: