sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Aliás...

Aliás, diz o meu filho frequentemente. E eu acho graça. Parece assim uma palavra elaborada seguida dum raciocínio não menos elaborado saídos da boca duma criança de 4 anos.
Aliás, dizia-me ele de manhã, enquanto voltei a casa porque me esqueci de "destapar" o Periquito (como está na rua, de noite tapamos a gaiola), temos que arranjar dois bebés Periquitos. E continuou.
Aliás, temos que arranjar uma mãe pássara (!!! - aqui contive-me para não desatar a rir), um irmão e um filho pássaro para estarem na gaiola com o pai pássaro.
E assim se constata que os exemplos que temos em casa vão sendo as nossas referências e representações da vida...
E pronto. Gosto deste "aliás" dito com uma segurança e maneirismos de gente grande e crescida...
A ver se tratamos da "mãe pássara" porque a que existia foi encontrada a modos que sem vida na gaiola...
:(

2 comentários:

Gambozina disse...

O francisco já é um menino crescido. Aliás, já é um menino muito crescido! ;)
Bom fim de semana!

mamã da princesa disse...

Sim, eu também adoro estes racicionios deles e o emprego de determinadas palavras.
Parecem tão crescidos!!!!

São tão espertinhos... é o que eu mãe babada penso da minha filha!!!! (mas não digas a ninguém para não me chamarem tótó)

Beijinhos grandes e bom fds (o meu ainda ranhoso)