domingo, 3 de abril de 2011

Finalmente sairam do armário...

Por estes dias andei a mudar e a trocar as roupas muito quentes por outras mais frescas e primaveris. Foram postas de parte as roupas que definitivamente já não iremos vestir nos próximos meses bem como aquelas que já não servem ao filhote... e à mãe...
Pode parecer estranho mas ainda que estas calças que estão na foto me tenham começado a "cair" em Abril/Maio/Junho passados e, consequentemente, começaram mesmo a ficar-me mal, ainda que com cinto, continuaram penduradas no meu guarda-roupa. De alguma forma, ainda que inconscientemente, talvez achasse que não iria conseguir "chegar ao fim" da perda de peso e por isso estas calças, todas tamanho 46 e 48, ficaram juntinhas, lavadinhas, passadinhas a ferro e todas juntinhas no mesmo cabide como que "à espera" para serem vestidas outra vez... Estão novas mas felizmente não precisei, e espero nunca mais vir a precisar, de as voltar a vestir... Posto isto e porque já passaram muitos meses desde que me ficaram "largueironas" e sem graça, hoje foram finalmente retiradas do guarda roupa e dei por mim a pensar a quem as poderia oferecer mas... não conheço ninguém a quem sirvam e por isso, e por enquanto, estão guardadas num saco a aguardar pelo seu destino...
Por muito tempo que passe sobre a minha perda de peso, admito que me sabe sempre bem quando me dizem que estou toda elegante. Chamem-lhe egoísmo, vaidade, luxúria, mas a verdade é que não me canso de o ouvir, tal como ouvi hoje.
Cá dentro murmura um "e o trabalho que eu tive para perder este peso sem maluqueiras, medicação, dietas doidas e afins, só eu sei o que me doeu...". E só eu sei que quero continuar mais que activa e por isso hoje mesmo fui correr. É que se nós quizermos há sempre desculpas para não nos mexermos nem fazermos exercicío e é por isso que contrario sempre esses pensamentos. Para que não interferisse com o nosso dia, acordei bem cedinho e lá fui eu correr e andar muito depressa durante uma hora. Voltei renovada. Voltei muito mais bem disposta...

4 comentários:

Cris disse...

Eu tb preciso de fazer isso, mas ainda não ganhei coragem nem o tempo, que tem sido pouco, o tem permitido...

Beijinhos.

Carla Isabel disse...

Acho que é isso que tenho que fazer, acordar mais cedo para ir correr....:)


Bjs

Rachel disse...

Não as deites fora que eu posso vir a precisar delas! Embora depois da gravidez também queira começar a perder peso, alguns modelos eu vestia 46 se perdesse para vestir pelo menos o 40 ficava muito feliz.

Isabel disse...

Eu tenho que pensar em organizar a roupa também, mas o tempo tem estado tão instável que ainda não me atrevi.

Beijinhos!