segunda-feira, 25 de abril de 2011

Gostava de ter mais dias com tempo...

Porque efectivamente tudo parece mais simples e simplificado.
Gostava de ter mais dias com tempo para mim, para o meu marido, para o meu filho e para o seu mano.
Gostava de ter mais dias com tempo e o privilégio de poder "pegar" nos miúdos e irmos todos para o parque sem preocupações com as horas e as roupas. Fomos todos vestidos de forma desportiva e neste momento, quando vamos para um parque, pouco me importa se o meu filho leva uma nódoa na t-shirt ou uma mancha nas calças porque está tudo limpo, à excepção daquelas marcas que teimam em não sair, porque sei que dali nem a cinco minutos o meu filho vai estar todo sujo com lama, terra, ervas ou seja lá o que for.
"Antigamente", quando eu era uma recém mamã, é que andava sempre preocupada e vestia o meu filho como se fosse para uma festa mesmo quando íamos apenas a um parque ou dar uma volta e depois, claro, era um stress com as roupas e o calçado...
Com o passar dos anos aprendi que, mais importante do que as aparências, é o bem estar e o à vontade do meu filho. Para além disso, assim não se corre o risco de estragar alguma roupa 'boa' e pode movimentar-se e andar completamente à vontade.
Assim sendo, nestes dias com  mais tempo, nada me dá mais prazer do que ir com eles espairecer logo de manhã e até dar alguns pontapés na bola, andar de baloiço e passearmos no meio do campo.
Sabe-me bem partilhar e brincar com os meus meninos, quem me dera ter tempo para o fazer muitas mais vezes...

1 comentário:

akombi disse...

com ou tro filho vais ver que simplificas ainda mais a maternidade, tudo o que fazemos com o 1º parece-nos muito mais simples e fácil com o 2º ( e fico-me a imaginar como seria com um 3º)