segunda-feira, 9 de maio de 2011

O Dom

Desde que vi a apresentação que fiquei curiosa, aliás ficámos os dois lá em casa, para ver. No primeiro episódio, ainda que interessante, teve muitas partes "lentas" e quase "secantes" e eu só pensava mas porque é que não passam à frente. Ora ninguém falava, ora estavam imensos segundos a focar uma imagem, ora não se passava nada...
No entanto, com o desenrolar do episódio a acção começou a compôr-se. Tanto que chegado o episódio ao fim o nosso comentário foi que nem parecia uma série portuguesa.
Neste Sábado voltámos a ver O Dom e confirmou-se a qualidade da série e dos seus efeitos especiais ainda que tenha alguns pormenores que são mais que expectáveis e que já sabemos que seguimento terão... É uma espécie de "Medium" à portuguesa passada em Sesimbra e está a cativar-nos cá em casa. Pena serem só quatro episódios, já deram dois e agora estou mais que curiosa para ver/saber o desfecho.

1 comentário:

Essência disse...

A minha reacção também foi essa que nem parecia ser uma série portuguesa. E até dos momentos silenciosos eu gosto.

Paula