terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Tenho (quase) "tudo"...

Consegui atingir tanta(s) coisa(s) que julgava impossíveis...
A vida não corre mal... Temos saúde, tenho um filho lindo e inteligente, perspicaz, atento, curioso que amo acima de tudo e todos...
Decorreram tantas mudanças e alterações, sempre positivas, sem 'desgraças' pelo meio, que não sei porque 'de repente' e nalguns dias, ainda que alegre por fora, me sinto imensamente triste por dentro...
Bem, mas daqui a pouco isto passa...

(foto da net)

Sem comentários: