quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Ironias do destino ou quão ridículo isto é...

Antigamente eu vestia muita roupa no ginásio para tapar o meu corpo, para disfarçar as gorduras e o peso a mais. Para, supostamente, transpirar mais e emagrecer 'mais depressa'. Antigamente usava roupas desportivas largas para que disfarçassem as minhas largas formas, a anca e as pernas cheias de gordura, os braços rechonchudos e a barriguinha saliente...
Hoje em dia eu visto 'alguma' roupa no ginásio, para já porque antes de iniciar os treinos ou as aulas tenho frio, mas também, por muito tótó que isto soe, para tapar o meu corpo agora magro e sem gorduras, para não pensarem que me "estou a armar" ou para não "afrontar" quem anda no ginásio e tem muitas gorduras a mais...
Eu sei que isto é absolutamente parvo mas antes de emagrecer eu sentia-me muito constrangida a fazer exercicío com menos roupa e, por vezes, sentia-me constrangida se estivesse próxima de alguém 'magro' e sem problemas de peso a mais...
E acho que é por isso que não "exibo" muito o meu corpo. Realmente uso quase sempre blusas de alças mas é porque me dão mais jeito e porque transpiro muito e tenho muito calor nos exercicíos que faço. Pronto, ok, e porque, confesso, xi, g'anda piroseira, gosto dos meus braços, esterno, pescoço, ombros e omoplatas como estão...
Nunca usei e nem penso usar calções curtos (entenda-se acima do joelho) ou blusas tipo tops que mostrem a barriga...
Contudo, levo sempre uma blusa ou um casaco desportivo que visto por cima e que só tiro quando estou mesmo nas aulas já cheia de calores e sem aguentar mais...

(foto da net)

Sem comentários: