quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A música influencia a nossa "prestação" física...?

Eu acho que sim e creio que a maioria das pessoas também...
O facto de nas aulas de Cycling ter de se pedalar ao ritmo da música faz com que o facto de eu gostar mais ou menos duma canção 'afecte' o meu ritmo.
Claro que tento fazer tudo 'bem' mas quando dá uma música de que gosto mesmo muito é como se de repente ligasse o turbo e desato a pedalar quase frenéticamente. E isso aconteceu ontem quase no fim duma aula em que já tinha transpirado mais que muito, o cabelo todo apanhado para não incomodar, e começa a dar uma música que não ouvia há anos.
Deu-me cá "uma coisa" que ainda que fosse suposto já estar 'cansada' por ser quase o fim da aula aumentei a carga e pedalei mais depressa ao ritmo rápido da música.
Foi como se tivesse recuado não sei quanto anos porque a música é para aí de 1992 mas eu só lhe devo ter achado graça uns anitos depois.
Acho que recuei no tempo, no espírito, nas memórias e no corpo...
Recuei no corpo porque de repente tinha a força e a genica dos meus 18 anos...
Recuei nas memórias porque me lembrei dos meus 18 anos sem preocupações e grandes responsabilidades. Só me preocupava e tinha a responsabilidade de estudar e dar o meu melhor na Faculdade... Era magra naturalmente e não precisava de fazer nem metade do exercicío que faço hoje em dia para ter um corpo delineado, sem gorduras e tonificado... Na altura fazia aeróbica e step quatro vezes por semana e 'bastava'... Comia 'croissants' e folhados e salgados "à descrição" e o meu corpo não engordava nem ficava mole...
Agora... Agora se quero manter o peso e ter um corpo 'delineado' tenho que 'trabalhar' para isso...
Bem, mas eu só vinha aqui dizer que a música influenciava o nosso ritmo a fazer exercicío e já estou em divagações quase deprimentes sobre a idade, o peso e afins...
:|

1 comentário:

Vera, a Loira disse...

Eu acho que influencia sim, quando levo o MP3 para as maratonas faço muito melhor tempo.