terça-feira, 17 de abril de 2012

Antigamente durante o dia dava-me prazer pensar que...

Pensar que depois de chegar a casa, do trabalho, de ter tudo arrumado e despachado, que me ia alapar no sofá a comer gelados ou bolachinhas ou batatas fritas ou um bolo qualquer feito por mim ou que ia comer uma porcaria qualquer que me ia fazer lambuzar e quase revirar os olhos de prazer. Foi nesses anos em que tinha estes "prazeres" que o meu peso aumentou substancialmente e de forma gradual até que cheguei ao tal ponto em que só reclamava que estava cheiinha mas que também não fazia nada para mudar isso...
Hoje em dia, depois de várias fases e percursos, durante o dia, e por muito stressante que ele possa estar a ser, a minha 'compensação' interior não é pensar que ao serão em casa vou atacar a dispensa e o frigorífico... O que me deixa 'feliz' é pensar que vou ter uma aula de Cycling onde vou dar o litro e suar litros e litros de suor que me caem da cabeça, da cara, que percorrem os meus braços e por aí adiante. Pode parecer muito parvo sentir que um determinado exercício físico nos deixa "feliz" mas é mesmo isso que sinto hoje em dia... E foi o que aconteceu ontem. Podia ter-me enervado no trabalho ou ter corrido o dia todo mas quando chegou aquela hora de ir fazer a aulinha antecedida duma corrida na passadeira de 15 minutos e de mais 10 minutos de abdominais e pranchas difíceis, fiquei toda contentinha.
Antes isto do que realmente ter ataques de gulodice...





1 comentário:

akombi disse...

ando nessa fase, da gulodice, algo que sempre fui mas mto moderada pq não gostava da sensação de enfartamento, mas agora, não sei se foi da privação dos anos se é da idade, o certo é que só paro qd estou tão cheia que não aguento, resultado sinto-me bem ao saciar-me e imaginar o que andei a perder, por outro lado engordei 4kg em 3 meses, ok não me faz grande mal, acho eu, o antes 48kg para 1m70 e o agora os 52kg que se notam bastante na barriga hupffff.