segunda-feira, 2 de julho de 2012

Ai que me vou transformar em abóbora...

Só penso é em parvoíces, tipo na Cinderela, na carruagem a transformar-se em abóbora, que perco um ténis pelo caminho, enquanto corro da sala de aula até ao balneário e por aí fora...
Hoje já passavam 5 minutos da hora a que costumo sair da aula mas estava a gostar tanto dos exercicíos que não queria sair a meio pelo que esperei que aquela parte terminasse ainda que isso fosse ter repercussões no tempo (ainda) mais diminuto que iria ter para almoçar...
Quando disse que tinha que sair - que eu cá não sou como algumas pessoas que saem de repente a meio da aula e nada dizem, se eu fosse professora não ia gostar destas atitudes - e eu digo sempre que tenho que sair por uma questão de educação e consideração ainda que os professores já saibam dos meus horários, a professora retorquiu um "Oh, que pena..." e eu, debaixo de um sorriso sem graça, nada disse mas pensei que "com mais pena me vou eu embora...".
Quem sabe um dia os ginásios da zona mudam os horários das suas aulas de almoço... É que até ver começam todos as aulas à mesma hora e nenhum se coaduna na totalidade com a minha hora de almoço. E pensar que bastava começarem as aulas uns míseros 15 minutos mais cedo...
:-(

Sem comentários: