quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A um dia da meia dúzia...

A um dia da meia dúzia de anos, noto o meu filho muito mais crescido e maduro...
Surpreende-nos com as suas conversas, observações, questões e desenhos, sempre os desenhos. Desenha imenso e não sei a quem "sairá" assim porque nem o pai nem eu temos "jeito" para desenhos.
O filhote desenha com todos os detalhes, repara em tudo e transmite isso nos desenhos que faz cheios de pormenores...
Por estes dias pediu-me para jogar com ele um jogo de estratégia que costuma jogar com o pai nalguns serões. Eu, mãe, mulher, trabalhadora, já cansada de um dia inteiro de trabalho e de corre-corre, disse-lhe, em género de "despacho" que não sabia jogar o jogo.
A resposta imediata foi: "O jogo tem livro de instruções!"...
E eu fiquei sem resposta, a sentir-me completamente burra tipo "dah!" e a pensar que este meu filho tem sempre resposta na ponta da língua e respostas sempre muito perspicazes...
 

2 comentários:

Carla Isabel disse...

Seis,....oh pá!!!
Seis!
E a minha está quase!
Olha lembraste de andares a subir a escada da MAC e eu ao telf contigo e tu dizias - Espera que vem uma contraçao...ai amiga!
E lembraste de me dares a novidade da tua gravidez e logo de seguida fiquei eu gravida?

Ai...ja passaram 6 anos!

Algures no Oeste disse...

Claro que me lembro... de tudo... do que passei, de ti, do início da gravidez, do fim, de tudo mesmo...
;-)
Beijinhos grandes.