terça-feira, 2 de outubro de 2012

O meu filho deve ser "ao contrário" dos outros

Pois que ontem quando cheguei à escola para o ir buscar desatou num pranto.
E porquê? Por que não se queria vir embora e queria ficar a brincar mais um bocadinho. E eu deu-me vontade de rir porque eu era exatamente ao contrário. Em pequena só queria os meus pais e "pronto"! O meu filho é o cúmulo da independência e por isso nem sei porque estas atitudes ainda me causam surpresa.
Claro que depressa lhe passou e não ficou muito satisfeito com a risota da mãe. Entre choros e birras disse um sentido "não te rias!!!" e lá fomos de mão dada da Escola até ao carro, rumo a casa onde nos esperavam os avós.
Os nossos fins de tarde nunca mais serão os mesmos porque agora existem os trabalhos de casa, para além do banho, e de tudo o resto. Não sei mesmo se voltará a ser possível, pelo menos por enquanto, voltar ao ginásio ao fim do dia com tantos afazeres...
E eu sento-me com o filhote a fazer os trabalhos que, por enquanto, são "coisa pouca" e são feitos num ápice, sem grandes dúvidas, reticências ou hesitações.
No final corrijo e pouco ou nada há a corrigir, está tudo bem feito, e depressa ainda por cima...
Na Escola é a mesma coisa e o único senão tem sido o comportamento... No final da semana que passou veio uma grelha com a avaliação de vários 'parâmetros' e estava tudo ótimo exceto... exceto o comportamento...
Vamos ver como corre esta semana. Só sei que se o comportamento for igual ao da semana passada, não haverá futebol no fim de semana...

2 comentários:

Time Traveller disse...

Por favor!!! Corta tudo menos a bola ao rapaz ;)

Anónimo disse...

Não me leves a mal, mas creio que não deves castigar o teu filho não o levando a praticar uma actividade desportiva que ele tanto gosta. Creio ser preferivel cortar nos jogos electronicos (se os tiver) ou na televisão, desenhos animados, etc.