domingo, 28 de outubro de 2012

Vai até onde te leva a bicicleta...

E eu fui, ou melhor, fomos porque hoje tive a companhia do pai cá de casa já que os meus pais têm estado pelo Oeste durante estes dias por causa do aniversário do filhote.
E hoje a bicicleta levou-nos a duas praias diferentes. Hoje pedalei sobre a areia molhada rumo ao mar porque apesar do vento frio tinha vontade de ver a água e as ondas de perto e de sentir o seu cheiro.
A bicicleta hoje levou-me até quase dentro de água, em praias vazias e desertas de gente, com ondas revoltas e fortes, com vento fresco e o sinal de que o Outono está a ficar cada vez mais Inverno...
Apesar de não ter passado bem a noite, talvez devido aos excessos alimentares dos últimos dias por causa das comemorações do aniversário do filhote, e de ter acordado muito branca, queria muito pedalar e com companhia ainda melhor.
Hoje fui eu que levei a bicicleta mas senti que ia onde ela me levasse.
E talvez por isso hoje não tive pressas nem contabilizei à risca os tempos.
Hoje ia mesmo onde a bicicleta me levasse.
E talvez por isso pedalámos 46 quilómetros, sempre com muito vento o que dificulta ainda mais, em três horas e meia, com muitas subidas e descidas e por isso 2200 calorias foram consumidas. Não desmontei da bike em nenhuma subida íngreme e isso também me deixa contente e mais tranquila...
Que pena não poder(mos) fazer isto muitas mais vezes. Agora com a mudança da hora, pedalar durante a semana está fora de questão, a não ser nalgum (escasso) feriado.
Ficam os fins de semana e a alegria de que assim vai saber ainda melhor e que as distâncias percorridas serão sempre um bocadinho maiores.
Vai até onde te leva a bicicleta e eu vou...
 
 
\

Sem comentários: