quinta-feira, 29 de novembro de 2012

A Gabriela e a "sociedade"

Mudou muita coisa ou mudou quase tudo mas muita coisa continua igual como é relatado na novela Gabriela.
Sim, eu vejo a novela porque há imenso tempo que não via uma novela e porque me recordo da Gabriela na minha infância mas nessa altura não percebia nada do que lá se passava e muito  menos da vida e da "sociedade".
A Gabriela na minha infância era o senhor Nacib e a Sónia Braga com os seus imensos cabelos compridos e escuros e o seu sorriso doce.
Não sabia nem percebia nada de relações humanas e afins, de falsas amizades e de pessoas que são umas autênticas falsas púdicas, das pressões da "sociedade" em sermos assim ou assado só porque a "sociedade" assim o 'ordena' e que se formos um pouco diferentes, já saímos da suposta normalidade...
Por vezes sinto-me a sair da "normalidade" por fazer tanto desporto e, principalmente, por quase aos 40 anos andar a fazer BTT, ir a provas, apanhar chuva, frio e lama e não me constipar e ficar entupida e com gripes apenas pelas mudanças de temperatura no dia à dia...
Isto só por si já diz muito da minha "maluqueira" interior mas... não quero saber.
É algo que me faz imensamente feliz, é saudável e não faço a mal a ninguém nem à "sociedade"...
Por isso vou continuar livre, quase como a Gabriela, a pedalar, a pedalar muito por aí com a minha amiga e companheira das pedaladas, com o meu marido que nesta semana me tem estado a arranjar e a remodelar a bicicleta para ficar muito melhor do que é, a incentivar o meu filho a andar de bicicleta e agora que tem uma bicicleta "supimpa" oferecida pelo avô, ainda melhor será, e hei-de andar sempre, até poder, um pouco por aí e por onde puder, conseguir e tiver tempo para pedalar...
 

Sem comentários: