terça-feira, 13 de novembro de 2012

Pareço uma criança que fica feliz com "tão pouco"...

Imagine-se que hoje foi possível fazer a aula de Cycling inteira, à hora de almoço. Não tive que sair a meio e isso só por si deixou-me contente...
Por momentos senti-me uma criança a quem deram um presente novo e por isso fiz a aula ainda com mais vontade.
Transpirei que me fartei mas não senti "dor" nem me "custou" por aí além... Aliás, no final, e realmente o ser humano nunca está satisfeito, senti que faltava qualquer coisa. Parece que a aula foi interrompida e que poderia continuar.
Quando comecei a 'contabilizar' os minutos da aula, percebi então porque me "faltava" qualquer coisa: a aula durou apenas uns 40/45 minutos e isso para mim é pouco, muito pouco...
Ainda que não fizesse uma aula inteira de Cycling desde maio deste ano, a verdade é que me 'farto' de pedalar e agora no "ginásio n.º 2" tenho estado numa bicicleta de cycling, sozinha, durante 50/55 minutos...
E depois nas provas de BTT também pedalo sempre durante mais de duas horas, portanto é normal que sentisse que 40/45 minutos duma aula soubessem a pouco...
Mas pronto, já é muito bom poder fazer a aula inteira. Agora vou ver se consigo ir também aos sábados de manhã porque a aula é mais longa...
:D

(imagem da net)

Sem comentários: