terça-feira, 6 de agosto de 2013

Pensei em vir de bicicleta para o trabalho

Mas depois não vim. A distância até é curta mas faltou-me a coragem. Acho que vinha vestida 'normalmente', só traria calçados uns sapatos de caminhada ao invés das habituais sandálias e em vez de mala, usaria uma mochila...
Ainda assim peguei no cadeado e na chave para ver se funcionavam mas faltou-me a coragem. Imaginei mentalmente o percurso e pensei se transpiraria muito e depois ficaria com a mesma roupa o dia todo. Por outro lado, para trazer outra roupa, isso já era muito peso na mochila e de momento o meu ombro não aguenta...
E depois a bicicleta 'estacionada', parece que tenho receio que a levem.
Enfim, a vontade era mais que muita mas fiquei assim sem reação e por isso meti-me no carro e fiz-me ao caminho como de costume.
Cheguei e lá fui ver onde poderia 'estacionar' a bicicleta sem receios. O ideal seria no meu gabinete mas quer dizer... Uma bicicleta no trabalho?!
E depois eu tive um acidente de bicicleta, quer dizer. As pessoas ainda pensam que enlouqueci de vez. Então esta esteve tão mal durante tantos meses por causa da bicicleta e agora vem trabalhar nela...? Mas esta mulher tem quase 40 anos ou tem 12?
É que andar de bicicleta às vezes parece que nos infantiliza... Quem não gosta e não entende este 'vício', parece que vê quem anda de bicicleta como umas criancinhas, uns infantis, uns estes, uns aqueles....
É que neste tempo todo nunca vim a pedalar para o trabalho porque tinha que deixar o filhote na escola ou assim. Agora ele fica em casa com a avó. Seria a minha grande oportunidade...
Vamos ver se ainda durante esta semana arranjo coragem...

1 comentário:

Alexandra de Amorim disse...

Tu vai-me de bicicleta para o trabalho!! ;) Quando mais se não em pleno agosto? Aproveita!

THE GLITTER SIDE | FB | IG