quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Era para ter ido

Ontem quando cheguei a casa era para ter ido pedalar um pouco. Por pouco que fosse, sempre era alguma coisa mas não deu para ir. Ao contrário do que tem sido habitual nos últimos tempos, ontem estava cheia de dores entre o ombro, o braço e o omoplata...
Ainda organizei a roupa de andar de bicicleta mas as dores não me largavam e por isso não fui. Não me parece que estas dores se devam à Maratona a que fui no fim-de-semana porque senti-me bem nos dias seguintes. Creio que se deveram à Fisioterapia do dia anterior que foi mais "puxada" e me fez transpirar imenso...
As dores sobrepuseram-se à bicicleta e se calhar será sempre assim, não sei. Como não pude pedalar, fui caminhar depois do jantar e também me soube bem ir com a minha amiga canina apanhar ar fresco...
Há momentos em que parece quase difícil 'gerir' tudo isto, a bicicleta, as dores, a conciliação de tudo isto e pensar que afinal nada do que aconteceu foi fácil ou que estou completamente "normal"...

Sem comentários: