segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Os 50 Kms e eu...

A primeira vez que pedalei 50 kms em BTT foi numa maratona em outubro do ano passado, há quase um ano, portanto... Na altura tinha menos oito quilos em cima (ou será dentro de mim...?), ia ao ginásio com (muita) frequência e pedalava frequentemente. Não tinha caído nem sido internada, nem operada nem andava a fazer Fisioterapia como acontece(u) no presente ano de 2013...
Na altura fiquei quase extasiada porque tinha conseguido fazer aqueles duros 50 kms em... cinco horas...
Pois este fim de semana não sei o que é que me deu, não bebi 'Red Bulls', não vou ao ginásio desde que caí (há quase seis meses, portanto...), não bebi mil cafés e no entanto fartei-me de pedalar...
No sábado à tarde fui sozinha e por isso por caminhos mais simples mas, ainda assim, fora do alcatrão. Pedalei 52 Kms em duas horas e quarenta minutos, acho que foi muito bom e sentia-me realmente cheia de energia e só queria era andar de bicicleta.
Entretanto no domingo de manhã 'calhou' a ir pedalar novamente, desta vez com a minha amiga das pedaladas e ainda que me sentisse um pouco cansada da tarde anterior e ainda meia a dormir, acho que foi uma boa pedalada.
Andámos meias perdidas, a pedalar sem saber muito bem por onde, fizémos subidas íngremes, andámos por uma imensa areia quase a arrastar as bicicletas, pedalámos por pedras e terras desniveladas, e eu com o meu humor um pouco em baixo...
Ainda nos rimos porque fizémos uma descida que parecia um escorrega, tal era a inclinação, de areia e aí fomos nós a deslizar com os pés enterrados na areia e as bicicletas seguras pela mão. Parecíamos crianças e parecia assim algo muito radical porque a descida era quase 'a pique' mas afinal não era perigosa como parecia. Ficámos com quilos de areia nos ténnis e claro que tivémos que nos descalçar para tirar aquela areia toda, enfim...
Apesar de não estar muito inspirada, no final contabilizámos uma pedalada de 54 kms algo duros em três horas e quinze minutos, o que também é bem bom... O meu pulsómetro indicava que tinha gasto cerca de 2070 calorias, isto é o mesmo que uma dieta 'normal' diária tem...
Ora comparando com a minha 'prestação' de há um ano atrás em que estava mais em forma e com menos peso, parece que agora fazer 50 kms até nem custa nada... Há um ano demoravam cinco horas a serem pedalados e agora demoram quase menos duas horas a serem feitos...
Enfim, suponho que a parte psicológica também seja (muito) importante mas este fim de semana foi mesmo intenso e nem todos podem ser assim, nem sempre há tempo ou disponibilidade para tal...
Contudo, as minhas dúvidas relativamente a inscrições em (meias) maratonas de BTT persistem...

2 comentários:

Alexandra de Amorim disse...

Really?! :) Isso é uma grande diferença de tempo? Antes cinco horas e agora três? Como é que conseguiste tal proeza? :) well done!

THE GLITTER SIDE

Algures no Oeste disse...

ALEXANDRA: Nem eu sei, se calhar tem a ver com a experiência que se vai ganhando e com a (boa) disposição ;)
Beijinhos.