quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Ora bem, foi assim...

Foi assim no ginásio e soube imensamente bem. Ontem estava com mais energia e talvez por isso, depois de ter estado meia hora na passadeira, em que alternei entre correr e caminhar com uma elevação considerável, depois de pranchas e abdominais, estava ainda 'animada' durante o Cycling...
Fiz a aula toda sem grande esforço ainda que a mesma fosse bastante 'puxada'.
Já nos abdominais deu-me para rir quando nalguns exercicíos não dava para levantar muito o meu braço. Disseram-me qual era a alternativa, que eu não tinha que fazer aquilo, mas como sou teimosa, insisto em levantar o braço, mesmo com dores, e levo-o até onde posso e consigo. Passou-me pela cabeça que se insistir nos movimentos, o braço até pode melhorar e ir chegando, muito devagarinho, mais longe...
Do Cycling, enfim, ajuda bastante a que se goste das músicas que dão durante a aula e ontem isso aconteceu. Pedalar ao ritmo de músicas de que se gosta, é bem melhor do que fazê-lo a ouvir músicas "assim-assim". Isto fez-me pensar que talvez a música também me ajudasse nas pedaladas ao ar livre mas aí vou sempre a ouvir a natureza e não gosto de não ouvir os sons à minha volta...
Mas enfim, com este treino no ginásio de uma hora e quarenta minutos, mais coisa, menos coisa, gastei cerca de 1100 calorias, bem bom!



 
 

1 comentário:

Alexandra de Amorim disse...

Podíamos dizer tanto sobre as escolhas musicais nas aulas!! Faz tanta diferença, mesmo mesmo mesmo. Já disse mesmo?

1100 calorias? eu não as contabilizo mas acho que raramente chego lá, mesmo com duas horas (aulas) de treino...

The gLiTtEr Side