quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Fala mulher

Ou talvez não.
Tem dias em que não me apetece falar ou falar muito pouco. Ora se já de mim não sou de muitas falas, nos dias em que pouca vontade tenho de falar, ainda fico 'pior'...
Por norma, entro muda e saio calada do ginásio. Não conheço assim lá ninguém, nem pessoas conhecidas, ninguém com quem dê para ter conversas. E não me importo. E talvez por isso talvez também acabe por treinar mais 'afincadamente' que é precisamente para isso que lá estou.
Ontem estive meia hora na passadeira mas a andar em grau de elevação muito alto, depois fiz uma aula em que não consegui fazer certos movimentos por causa do ombro e do braço e se já não estava muito bem, ainda pior fiquei.
Sigamos para o Cycling mas também não me senti entusiasmada, que humor de cão, pensei eu de mim mesma... Transpirei que me fartei mas até a música de deixava apreensiva porque era mais melancólica do que é habitual...
Por fim começam a falar dos treinos, de BTT, das capacidades físicas, disto e daquilo, e eu que no domingo pedalei de seguida durante três horas e meia, nem abri a boca... Não me apeteceu falar nem opinar nem dizer o que sei e faço quando todos estão demasiado entusiasmados a falar daquilo que nem sei se põem em prática...
Eu que pedalei durante quase quatro horas, como tem acontecido tantas vezes, em single tracks, em subidas e descidas vertiginosas, que tenho as pernas cheias de nódoas negras, que acelero e abrando, nem me manifestei... Foi como se nada percebesse de BTT até porque se pouco falo, também não ando por lá a apregoar que ando bués de bicicleta e que "ai, ui, ah e tal, eu faço BTT e sou muita boa...".
Nunca falo ou digo nada... Quem sabe é porque calhou em conversa e nesse caso deve ter sido mesmo necessário dizer que andava de bicicleta ou porque me viram na rua (ou melhor, no campo) ou, 'melhor ainda', porque viram fotos minhas no Facebook... E ai o Facebook, havia tanto para dizer e eu raramente ou nunca digo.
Parece que dá vontade de dar uma palmada nas minhas próprias costas e dizer "Fala mulher!!!" mas eu tenho tão pouca vontade de falar...

Sem comentários: