terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Deve ser algum vírus que se mete na cabeça das pessoas... não sei...

Para além do mais, ainda não recuperei  na totalidade, ainda não me sinto a 100%.
Continuo constipada (há quase duas semanas o que é mesmo muito estranho em mim), com alguma tosse e tenho algumas dores musculares...
E depois há o óbvio que é o de pensar à partida que a minha prestação não será nada de jeito...
Há ainda outras condicionantes como por exemplo ter que me levantar com as galinhas no domingo para calcorrear para aí uns 100 kms de carro para depois calcorrear outros tantos a pedalar.
Ah, e não sou só eu que teria que me levantar com as galinhas. Por inerência, a família também. O marido que desta vez não quer participar e o filho ('coitado') que não tem com quem ficar...
Não seria a primeira vez que saíamos de casa num domingo para aí às seis e meia da manhã para ir a uma maratona de BTT...
Depois o dinheiro. Desculpem lá qualquer coisinha mas dou por mim a ficar muito  mais contida e crítica nos gastos...
Qualquer maratona de BTT é paga e fica ainda mais cara se quisermos almoçar e se levarmos acompanhantes para almoçar... Mais a (imensa) gasolina e as portagens... Hum, é fazer as contas como diz o outro...
Valerá a pena este esforço e dinheiro gasto para pedalar feita tótó em trilhos que não conheço durante uma manhã inteira...?
Mas depois é sempre tão engraçado chegar ao fim, sentir e poder dizer "eu consegui", petiscar nos abastecimentos, tirar fotos, almoçar e por aí fora...
Afasto de mim os pensamentos de que vou cair ou que me vou magoar porque nesse caso então nem saía de casa se começasse à partida a pensar nisso.
Os meus medos são sempre outros. Medo de falhar. Medo de demorar oito horas para fazer cinquenta quilómetros (estou a exagerar um pouco mas...) e consequentemente parece que estou a fazer figurinhas tristes...
Não sei... Vou pensar melhor no assunto.
Já agora, gostava que as dores musculares que tenho, que desaparecessem porque eu quero voltar ao ginásio como habitualmente...

2 comentários:

Nainho disse...

Essa tua cabeça.. anda a sabotar tudo..
Vais dar o melhor de ti em cada momento! Como fazes em todos os dias.
E vais chegar ao fim e pensar estou feliz porque consegui!
O conseguir é tudo! Mas mesmo tudo!

Algures no Oeste disse...

NAINHO: Obrigada pelas palavras de incentivo :-)