segunda-feira, 31 de março de 2014

Primeiro estranha-se...

Há quase duas semanas que a cabeleireira cortou mais o cabelo do que aquilo que eu pretendia... Cortou tanto que toda a gente à minha volta notou e quando digo notou é mesmo perguntarem-me diretamente se tinha... cortado o cabelo...
Nos primeiros dias não gostei lá muito de me ver, afinal, estou habituada a ter o cabelo grande porque prefiro cabelos longos mas agora no Inverno tem-me dado tanto trabalho. Só o tempo que o cabelão me demorava a secar era uma eternidade. E depois no ginásio. Enfim, cabelos longos são o máximo realmente mas dão mesmo muito trabalho...
A ver pela imagem que aqui deixo, digamos que passei da imagem que está ao centro na última fila a contar de cima para a primeira do lado esquerdo na fila do meio. Deu para perceber, chegaram lá...?
Pois é mesmo uma diferença abismal e nos primeiros dias até evitava ver-me ao espelho apesar de me dizerem que parecia (ainda) mais nova...
Enfim... Mas agora até estou a gostar porque assim o cabelo dá muito menos trabalho a lavar e a secar, fica mais volumoso e parece que tenho um ar mais... leve e semi rebelde...
E para além disso, dá para fazer rabos-de-cavalo na mesma, algo muito importante para quem se exercita e transpira muito como eu. Que confusão me fazem pessoas com cabelões caídos nas aulas de Cycling...
Da última vez que o  meu cabelo levou assim um bom corte foi há quase um ano, um pouco depois de ter caído da bicicleta, uns dias antes de ser internada para ser operada. Com um braço que não se mexia, achei que era mais prático e higiénico ter o cabelo curto e neste ano cresceu "bués", tanto até começar a ficar todo embaraçado. Por isso agora este corte veio  mesmo a calhar...


Sem comentários: