terça-feira, 17 de junho de 2014

(D)as meias...

Pois que como qualquer criança, cheguei a casa e tive que ir experimentar o brinquedo novo... Acabei por não ir ao ginásio até porque lá, garantidamente, não iria usar as meias adquiridas à hora de almoço num LIDL perto de mim...
Assim sendo, chegada a casa depois dos deveres laborais, maternais e domésticos, e ainda que fossem sete da tarde, estava um imenso sol e um calor pouco normal para esta hora do dia no Oeste que me levaram a sentir uma espécie de frenesim interior que me mandava pedalar... E fui. Tinha que ir, é que senão nem sossegava! As meias não me custaram a calçar e lá fui contando que pedalaria durante uma hora para estar em casa a horas "normais" para jantar.
E saí quase 'voando' porque sentia-me com uma energia imparável...
Numa hora e dez minutos pedalei 22 kms, sendo 90% em terra e sempre a acelerar porque realmente sentia-me cheia de força, nem consigo explicar porquê já que no dia anterior pedalei durante quase quatro horas sob um calor intenso e no próprio dia acordei às seis da manhã sem sono nenhum!
Como disse no início, deve ser porque às vezes pareço uma criança ávida por experimentar (pequenas) coisas novas sem importância nenhuma...
Quanto às meias, foi a primeira vez que usei estas meias de... compressão e na verdade, não tive muito tempo para ficar com uma ideia concreta. Parece que aconchegaram mais as pernas mas senti um pouco de calor. Não sei, tenho que usar mais vezes para ter uma opinião mais concreta...
 

Sem comentários: