quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Do Natal

Podia escrever sobre várias coisas mas não podia deixar passar que realmente tenho um filho muito especial...
Ontem ao serão chama-me à parte, para um canto da casa, com um ar muito misterioso. Pensei que me ia falar em mais prendas ou que teria havido algum descuido com a roupa...
Quase a sussurrar pega-me nas mãos, olha para mim e diz baixinho: sabes qual foi o meu maior desejo para este Natal? Foi que tu voltasses a sorrir...
Bom, fiquei sem palavras e os meus olhos encheram-se de água... Coitadinho do meu filho, tão perspicaz e com tanta sensibilidade, apercebe-se que nalgumas coisas a mãe não anda muito animada... Fiquei também a pensar que tenho que 'arribar' e seguir em frente, se bem que este Natal no sítio onde sempre vivi me deixa muito nostálgica e pensativa...

Sem comentários: