sábado, 17 de janeiro de 2015

Dia de jogo

Em dia de jogo é assim. Espera-se e desespera-se, logo eu que nunca liguei ou gostei de futebol e continuo sem apreciar mas... mas agora é o meu filho que lá está a jogar e assim sendo, não consigo ficar indiferente a faltas, golos e jogadas... E se o meu filho é feliz a jogar futebol, então eu também o sou, por ele. E hoje marcou um golo e tudo.
Nunca pensei que um dia seria mãe de um aspirante a jogador de futebol...
:-)

2 comentários:

Gaja Maria disse...

O que uma mãe não faz... :))

AvoGi disse...

Aquele frio na barriga quese ente,não é? O meu filho estava no'karting e eu morria de cada vez quese sentava no kart
Kis :>}