sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

É possível que algo que custa tanto, por fim 'saiba' tão bem...

Ontem, um dia (quase) para esquecer, e ainda mais a chuva, e eu já a pensar que nem ia dar para uma corridinha. Não é que me importe de apanhar chuva ou não tenha já pedalado sob chuva intensa mas ontem não me apetecia levar com água fria em cima. São dias...
Ultimamente penso em corridas, e em correr, mas em correr um bocadinho mais "a sério" porque é algo que sempre me custou a fazer e do qual nunca gostei  muito. Mas ontem tinha que ser porque também não dava para ir ao ginásio.
O pai chegou a casa e entretanto levou o filhote a uma das atividades. Esqueceram-se duma 'coisa' da atividade, o pai ligou, podia ter voltado a casa mas eu disse logo que  não era preciso. Que eu iria lá levar 'aquilo', a correr...
Saí de casa de rabo de cavalo escondido num gorro quentinho. Calças justas, t-shirt, camisola e um corta vento. Desta vez não levei a minha amiga canina.
E lá fui. Até ao sítio da atividade era um pouco a subir e aos 800 metros estava prestes a atirar-me para o chão tal era o desconforto nas pernas e no corpo, era um suplício ir ali a correr e entra em ação a luta contra as pernas que pesam toneladas e o tenho que prosseguir. E prossegui. Cheguei à atividade, 1 km depois, entreguei o que faltava na atividade do filhote, e segui, a custo... Estava vento e frio mas felizmente não chovia. Entretanto fiquei cheia de calores e tirei o gorro e o corta vento que atei à cintura.
Estava a custar-me. Até aos 4 kms custou-me mesmo muito correr e não parar. Mas a partir dali, não sei o que aconteceu, até comecei a correr mais depressa. Enchi-me de força e de energia e como por magia, deixei de sentir dificuldades em correr. E por isso sentia-me bem e queria mais. Das últimas  vezes que corri aqui no Oeste, foram cerca de 6 kms, e corri 7 kms, perto da casa dos meus pais, no Natal mas ontem apeteceu-me continuar para além dos 6 kms e por isso foram 7.3 kms em 50 minutos, o que não é nada de especial mas para mim já tem alguma melhoria...
No final sentia-me mesmo bem e não consegui entender como é que algo que tinha custado tanto no início, e que me custa sempre, me tenha depois sabido tão bem...
Enfim... Entretanto dei de caras com um programa na RTP Notícias chamado RTP Running e que é, precisamente, sobre corrida. Em cada programa aparece um(a) corredor(a) e o seu perfil e dão dicas e conselhos. Uma pessoa até fica com vontade de ir... correr...



1 comentário:

Sol disse...

Eu também não gosto de corrida mas comecei há pouco tempo, quase ao mesmo tempo que o BTT. Ontem era para começar uma volta maior mas estava a chover e não fui. Mas hoje vou! Mas temos de ser fortes :)