quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Logística das coisas

Por estes dias tenho pensado na logísticas das coisas, vulgo correr e pedalar. Agora que me dediquei mais a... correr... parece que posso comparar o que é necessário para correr e o que é necessário para... pedalar...
Então vejamos e comecemos pelo ir pedalar. As ações constantes na lista não estão necessariamente pela ordem em que ocorrem:
- Tirar a bicicleta do sotão,
- Vestir a roupa para pedalar. Por norma, como sou muito friorenta, no Inverno levo uma t-shirt de algodão 'por baixo', uma blusa interior de manga comprida das de ciclismo, uma camisola de ciclismo de Inverno e depois varia entre estar muito frio ou de chuva e levar ainda um corta vento ou um jersey de ciclismo de manga curta por cima já das três blusas. Depois as calças de Inverno de ciclismo e as meias. 
- Enfio os chinelos enquanto ando por casa já que os sapatos de encaixe estão no quintal.
- Enfio ainda o cachecol de ciclismo e um lenço na cabeça,
- Preparo o capacete que dentro tem os óculos por causa do Sol ou da vegetação,
- Faltam as luvas que visto mesmo antes de sair senão os dedos não funcionam ao tocar no telemóvel para ativar a aplicação que uso a pedalar,
- Preparo o bidon com uma bebida isotónica que é para levar na bike,
- Coloco nos bolsos o cartão de cidadão, uma moeda de 1€ para um café, uma banana, uma barrita, talvez um gel se a pedalada for longa.
- Saio então de casa com tudo isto, tiro a bike do quintal, ligo a aplicação e aí vamos nós...
- Volto e toca a despir e a arrumar o que não comi pelo caminho e toca de subir ao sotão para guardar a bicicleta...
Vejamos agora o que é necessário para ir correr:
- Visto uma t-shirt de algodão e por cima uma camisola desportiva de manga comprida, às vezes tem carapuço, noutras ocasiões não tem, depende.
- Visto as calças justas, de lycra, de corrida e calço os ténis.
- Se estiver muito frio, visto ainda o corta vento, coloco um gorro e levo o telemóvel no bolso da camisola desportiva que, por sorte, tem um bolso justo junto à barriga.
- Saio de casa, ligo a aplicação que uso para correr e saio já a correr.
E é isto.
Esta logística tem-me dado que pensar... Eu que adoro pedalar dou por mim a pensar que dá tanto trabalho mudar de roupa que quase desisto da ideia de ir pedalar apenas uma hora. Neste caso, refiro-me a quando saio do trabalho, nove horas depois, e em que tenho cerca de uma hora, uma hora e um quarto de luz que me poderá permitir fazer uma mini pedalada... Para tão pouco tempo parece que não "compensa" a trabalheira que dá equipar-me para ir dar uma volta tão pequena.
Para correr mudo de roupa e já está e não tenho que pensar se é de dia ou de noite. É claro que de dia posso ir correr na terra e não no alcatrão, mas não me sinto condicionada pelo facto de ir anoitecer e sei que é algo que me levará, pelo menos por enquanto, no máximo uma hora...
Tempo... tempo para isto e tempo para aquilo... E é isto que me tem ocorrido...

2 comentários:

Gaja Maria disse...

Visto assim, é muito mais fácil ir correr, mas isso para mim não é impedimento para pedalar, mas também não levo metade das coisas que tu levas :))

Algures no Oeste disse...

Ai GAJA MARIA, se calhar tenho é que simplificar nas pedaladas... Para quê tanta coisa mas o meu problema é que tenho sempre muito frio...
:|