terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Não tão bom...

Ontem ao fim do dia, depois de chegar a casa do trabalho, fui então... correr... 
Estava uma ventania enorme e o dia estava a terminar mas havia ainda mais luz do que nos outros dias. Por causa disso pude ir correr em terra e não andar só a correr no alcatrão como tem acontecido na noite escura. Dei várias voltas na terra, ou seja, só pensava que aquilo era a corrida em versão BTT da bicicleta, só que entretanto a noite caiu e rumei ao alcatrão.
Só que ontem, não sei porquê, estava a custar-me muito correr. Talvez porque iniciei a corrida quase a subir e em piso irregular e depois nas voltas que dei havia uma ligeira inclinação, a subir... Não estava mesmo a gostar daquilo e entretanto escorria suor por todos os lados. Depressa tirei o gorro e o corta vento que atei à cintura. E depois era também isto que me estava a deixar desconfortável, o 'peso' do gorro quente e o casaco na cintura, sempre a mexer dum lado para o outro, parecia que tinha que estar a ajeitar aquilo e que isso perturbava a corrida.
Continuei, continuei, mas estava a custar e, como tal, a lentidão aproximou-se.
Quando cheguei aos 7 quilómetros pensei: "Só?!... Mas eu queria correr 10 kms!!!"
Prossegui a custo e cheguei então aos 9 quilómetros. Constatei que não fui tão rápida como na semana passada, quando corri os 9 kms pela primeira vez, e estava realmente enfadada.
Contudo, o sentimento de que estou a conseguir fazer algo que nunca julguei possível mantém-se e é uma espécie de alento para continuar. Não gosto de correr mas consigo, estou a conseguir fazê-lo. Nunca imaginei que conseguiria correr (quase) 'normalmente' 8 ou 9 kms e só por isso está a valer a pena. Acho, porém, que tem graça é correr nas ruas, seja na terra ou seja no alcatrão. A corrida fechada numa passadeira não me diz nada e é ainda mais enfadonho...
Com todos estes fatores pergunto-me se valerá a pena continuar no ginásio. Não tenho ido como ia. Não encontro tempo para ir e encaixar o ginásio na minha vida porque prefiro chegar a casa e ir correr na rua ou ir pedalar ao fim de semana.
O ginásio está a tornar-se numa espécie de obrigação e isso não é nada bom...


Os dados do Strava.

A foto tirada no lusco fusco do fim do dia.

2 comentários:

Sol disse...

A minha médica aconselhou-me a não querer correr tudo num dia só, devagarinho e um passo de cada vez. Eu acho que estás muito bem, estás a progredir aos poucos.
Eu não gosto de ginásio, gosto de respirar ar puro e não o suor dos outros :)
Beijinho

Gaja Maria disse...

Boa! Grão a grão vais ficar de papo cheio, isto é, uma autêntica atleta :))